3 razões para cursar Engenharia de Produção

X razC3B5es para cursar Engenharia de ProduC3A7C3A3o.jpg - 3 razões para cursar Engenharia de Produção

X razC3B5es para cursar Engenharia de ProduC3A7C3A3o.jpg - 3 razões para cursar Engenharia de Produção

Você seria capaz de imaginar uma profissão que aliasse conhecimentos supertécnicos e matemáticos a conteúdos mais subjetivos e humanísticos, como controle de qualidade, economia, produtividade, gestão de projetos e pessoas, e suas relações de trabalho? Pois já pode sair do campo da imaginação, porque essa profissão já existe há bastante tempo: a Engenharia de Produção.

O engenheiro de produção é o profissional capaz de garantir a eficiência e a produtividade em todo e qualquer processo produtivo de uma empresa. Com um perfil multidisciplinar, a graduação em Engenharia de Produção está focada em ensinar aos seus alunos técnicas extremamente diversas. Aumento da produção industrial, diminuição de custos, racionalização das relações de trabalho, aperfeiçoamento de técnicas e processos, e ordenamento de atividades financeiras, logísticas e comerciais estão entre elas.

Por formar profissionais capazes de aliar o conhecimento técnico de máquinas e equipamentos ao entendimento do ser humano e suas relações de trabalho, a Engenharia de Produção está bastante em alta no mercado. Além disso, a profissão oferece um leque de opções de atuação extremamente extenso, principalmente quando comparado a outras Engenharias.

A ÁREA DE ATUAÇÃO É MUITO AMPLA

Justamente por ser um curso com perfil multidisciplinar, a área de atuação de uma pessoa formada em Engenharia de Produção é muito ampla. Listamos abaixo alguns dos caminhos que podem ser trilhados por quem deseja seguir carreira na profissão.

DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL

engenheiro de produção que trabalha nesse setor tem como função principal analisar e definir toda a estrutura de uma organização. Ele é o profissional responsável por gerenciar a vida financeira da empresa, seus custos, aplicações financeiras e rendimentos. Bancos costumam contratar profissionais de engenharia de produção para a criação e gerenciamento de carteiras de investimento.

ENGENHARIA DO TRABALHO

Nessa área, o profissional trabalhará no gerenciamento dos recursos humanos necessários para a produção da empresa, seja na fabricação de produtos em uma linha de produção ou na prestação de serviços.

PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO

Essa é a principal atividade que nos vem à cabeça quando pensamos no trabalho de um engenheiro de produção, não é mesmo?

Todas as empresas que têm algum tipo de linha de produção necessitam de um profissional responsável pela implantação e administração dos processos produtivos, seleção de matérias-primas, controle de qualidade de produtos e gerenciamento das operações logísticas, como armazenagem e distribuição. Esse profissional é justamente o engenheiro de produção.

AGROINDÚSTRIA

O engenheiro de produção também pode atuar em empresas do setor agroindustrial. Nesse caso, eles trabalham controlando e gerenciando a produção agrícola, o processo de processamento industrial dos produtos (se houver), bem como sua distribuição e comercialização.

EXISTEM MUITAS OPORTUNIDADES DE ESPECIALIZAÇÕES

Dependendo da faculdade que você escolher para cursar Engenharia de Produção, é possível que o curso esteja mais voltado para a habilitação específica em uma determinada área. Mecânica, agroindústria, construção civil, indústria química, automotiva, elétrica, metalúrgica, gestão ambiental, desenvolvimento de software, confecção industrial ou serviços são alguns exemplos.

Por isso, é bastante recomendado que você dê uma olhada cuidadosa na grade curricular do curso que a faculdade onde você pretende estudar oferece. Assim, você poderá cursar a habilitação que mais tem a ver com você.

Porém, independentemente da habilitação que você escolha, existe uma infinidade de opções de especializações e pós-graduações disponíveis para alunos já graduados em Engenharia de Produção. Mestrado, doutorado, MBA, especializações propriamente ditas: o leque é extremamente amplo.

Você pode decidir especializar-se em controle de qualidade de produtos ou em algo totalmente diferente, como gestão sustentável da produção, por exemplo. Cursos de especialização voltados para a indústria química, petroquímica, farmacêutica e logística também são algumas outras opções. Tem para todos os gostos!

O MERCADO DE TRABALHO ESTÁ AQUECIDO E TENDE A CONTINUAR ASSIM

Todos os empresários mais antenados às tendências do mercado já estão sabendo: as relações de trabalho não são mais as mesmas de algumas décadas atrás. Houve uma mudança de paradigma muito forte e irreversível.

O capital humano das empresas está sendo muito mais valorizado, mesmo em organizações que têm muitos processos automatizados e linhas de produção. Os trabalhadores agora são considerados peças-chave, juntamente a processos produtivos bem estabelecidos, na obtenção de resultados positivos e no alcance dos objetivos pretendidos pelas corporações. E todas as projeções indicam que esse processo chegou para ficar e só tende a aprofundar-se nos próximos anos.

Exatamente por isso, o mercado para os profissionais de Engenharia de Produção está extremamente aquecido. Eles são as pessoas que sabem fazer justamente isso: aliar o conhecimento técnico dos processos produtivos à racionalização das relações de trabalho, gerando resultados incríveis e aumentando a qualidade de vida de todos os colaboradores.

Essa tendência levou a uma ampliação muito grande do mercado de trabalho para os engenheiros de produção. Além das grandes indústrias, que sempre empregaram esses profissionais, muitos outros segmentos empresariais têm procurado ter um engenheiro de produção para chamarem de seu. Prestadoras de serviço, empresas do ramo do varejo, turismo, finanças, telecomunicações, saúde e logística são alguns bons exemplos.

Por fim, profissionais da área com certa bagagem de experiência profissional vêm se aventurando no ramo das consultorias, que estão sendo cada vez mais requisitadas por empresas de grande e médio porte.

Existem razões muito boas para cursar Engenharia de Produção, não é mesmo? Formar-se em uma profissão com um perfil tão multidisciplinar, que permite a especialização em uma infinidade de áreas e ainda conta com uma empregabilidade bastante alta, parece uma boa pedida e já é meio caminho andado na hora de trilhar uma carreira de sucesso.

O que você está esperando para entrar de cabeça nessa profissão? Com uma boa dose de estudos, empenho e dedicação, a realização profissional lhe espera logo ali!

O que você achou desse conteúdo? Ele foi interessante e útil para você? Não deixe de compartilhar com seus amigos!

Deixe uma resposta